Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino MédioCursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação

O papel da família no aprendizado dos estudantes

Compartilhe >

06/05/2020 - 4 min - Por Nicolle Abreu

Um bom relacionamento entre a família e a escola é extremamente importante e benéfico para o desempenho dos alunos. Desse modo, trata-se de uma questão desafiadora para muitos gestores estabelecer um bom relacionamento com os pais e responsáveis. O primeiro passo é fazer com que eles compreendam a importância de sua participação ativa nas atividades escolares dos filhos. Pensando nisso, preparamos este artigo com os principais benefícios da participação dos familiares na vida acadêmica dos jovens. Confira!


Os papeis da escola e da família no aprendizado

A aprendizagem só acontece de fato quando escola, família e aluno trabalham juntos. Desse modo, é importante pontuar o papel de cada um desses membros:

Escola

A escola é o ambiente onde os alunos aprendem regras de convivência social, além de se relacionarem com a diversidade e o encontro com as diferenças, desenvolvendo nos jovens maior tolerância e a importância em não reproduzir preconceitos. A instituição deve zelar pelo aprendizado e desenvolvimento que abranja a integração com a turma, boa infraestrutura, além de prover materiais de qualidade e garantir clareza dos acontecimentos e informações atualizados.

Família

A família exerce um papel importante no desenvolvimento das aprendizagens, quando conversa sobre o que acontece na escola, acompanha o dever de casa ou incentiva a leitura, por exemplo. O papel da família, nesse contexto, é justamente assumir a responsabilidade de propiciar os recursos e o suporte que os alunos precisam para o seu desenvolvimento.

 A importância da participação da família no processo escolar

A participação ativa dos familiares garante um melhor desempenho dos jovens, além de estimular neles uma maior confiança, autoestima e engajamento das práticas escolares. Tendo isso em mente, é importante ressaltar como é preciso que exista uma sintonia entre a escola e a família. Desse modo, é imprescindível que pais e responsáveis tenham conhecimento acerca da missão e objetivos da escola, já que é necessário compreender que tipo de aluno a escola quer formar e se isso se alinha aos objetivos da família. A melhor maneira de garantir isso é apresentando o Projeto Político Pedagógico (PPP) a todos os familiares.

O trabalho entre família e escola está muito ligado a dependência de informações que existe entre eles. Por parte dos familiares, são eles quem acompanham todo o desenvolvimento dos jovens, e podem relatar com maior precisão os pontos a serem trabalhados, além de como lidar com os desafios que possam surgir ao longo de sua vida acadêmica. Além disso, pais ou responsáveis são capazes de identificar com maior eficiência as mudanças comportamentais que podem indicar problemas e dificuldades dos discentes, o que auxilia no momento das intervenções pedagógicas.

Como aproximar a família da escola

Algumas práticas das instituições podem estreitar o relacionamento com as famílias dos discentes:

Eventos escolares voltados para a família

Os eventos escolares são ótimos para estabelecer um contato mais sólido e próximo com os pais ou responsáveis. Para isso, não é necessário um grande evento, como a festa junina e a festa da família.  Mostras bimestrais para expor os trabalhos dos alunos podem ser uma maneira de estreitar esses laços. Nelas, os familiares estabelecem contato direto com os profissionais da escola que fazem parte da rotina de seus filhos.

Tecnologia para se comunicar com os pais ou responsáveis

A boa comunicação entre família e escola é uma etapa muito importante para o bom relacionamento entre ambos. Essa comunicação pode ser feita através das redes sociais da escola ou até mesmo por recados na agenda dos alunos. Isso mostra um empenho da instituição em manter um contato com a família, mesmo diante da rotina atarefada dos pais e responsáveis.

Reuniões de pais e responsáveis

As reuniões de pais e responsáveis podem acontecer em diversos momentos do ano letivo. No início do ano, elas são importantes para comunicar mudanças em relação ao ano anterior e para alinhar expectativas para o ano que se inicia. Além disso, o calendário escolar é divulgado e datas e eventos importantes são comunicados às famílias. Durante o ano letivo, as reuniões servem para acompanhar o processo de ensino-aprendizagem dos alunos. Ao final do ano, feedbacks podem ser coletados a fim de planejar um ano letivo mais proveitoso para a série seguinte.

Conclusão

Inegavelmente, uma relação entre família e escola beneficia as práticas educacionais e melhora o rendimento dos jovens. Contudo, estabelecer esse vínculo pode ser um desafio para muitos gestores. Práticas simples podem estreitar esses laços e trazer para a instituição a colaboração de pais e responsáveis. Desse modo, estabelecer uma gestão democrática, onde todos os envolvidos nos processos educacionais participam ativamente das decisões e questões envolvendo a escola, se torna muito mais efetivo.

Pensando nas estratégias que visam melhorar as práticas de ensino, preparamos um material com dicas para o gestor que ajudam a melhorar a qualidade do ensino. Baixe já!

Compartilhe >

LEIA TAMBÉM

Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino Médio
CursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação