Em qual segmento você atua?

    Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino MédioCursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação

    Implementação da BNCC

    Implementação da BNCC: qual o papel do coordenador pedagógico?

    Compartilhe >

    29/04/2021 - 4 min - Por Amanda Viegas

    A implementação da BNCC é uma temática bastante recorrente no contexto atual. A Base Nacional Comum Curricular é um documento de caráter normativo que visa a definir as aprendizagens essenciais para toda a Educação Básica. Ou seja, a Base funciona como um direcionamento para a construção dos currículos escolares.  

    Após a homologação da BNCC, o principal desafio das instituições de ensino se tornou a sua implementação nas práticas pedagógicas. Esse desafio envolve a adaptação do currículo e do Projeto Político Pedagógico (PPP) da escola alinhados à Base, além da escolha do material didático e a formação continuada dos educadores. 

    Para o seu sucesso é fundamental que a escola conte com o apoio e participação de todos os agentes educacionais. Contudo, é fundamental a figura de um guia para garantir que de fato essa implementação ocorra como esperado. Nesse sentido, Coordenadores Pedagógicos são de suma importância, uma vez que atuam diretamente na gestão da instituição de ensino e de suas práticas. 

    Pensando nisso, resolver apresentar qual o papel do Coordenador Pedagógico na implementação da Base Nacional Comum Curricular. Confira! 

    A Base Nacional Comum Curricular e a formação integral 

    A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), além de garantir o conjunto de aprendizagens essenciais e ser um direcionamento para elaboração dos currículos, propõe uma formação integral dos alunos, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Dessa maneira, o desenvolvimento dos alunos é construído a partir das dez competências gerais para a Educação Básica. As aprendizagens essenciais definidas pela BNCC devem ser articuladas de modo a garantir o desenvolvimento dessas competências gerais de maneira gradual, ao longo de toda trajetória escolar do estudante. 

    Nesse sentido, há uma grande modificação na forma de ensinar e aprender, uma vez que a simples memorização de conteúdos já não é mais o ideal. A Base valoriza o contexto e a realidade na qual os alunos estão inseridos, utilizando de competências e habilidades para o desenvolvimento no processo de ensino-aprendizagem. Dessa forma é possível que as escolas ofereçam uma formação completa e integral, ajustando-se às necessidades do contexto contemporâneo.  

    “… O conceito de educação integral com o qual a BNCC está comprometida se refere à construção intencional de processos educativos que promovam aprendizagens sintonizadas com as necessidades, as possibilidades e os interesses dos estudantes e, também, com os desafios da sociedade contemporânea. Isso supõe considerar as diferentes infâncias e juventudes, as diversas culturas juvenis e seu potencial de criar novas formas de existir.” – Base Nacional Comum Curricular 

    O papel do coordenador pedagógico na implementação da BNCC 

    O primeiro passo para a implementação da BNCC é o estudo do documento com precisão para, assim, desenvolver um trabalho consistente em conjunto com os professores e demais agentes educacionais. Além disso, é importante que o gestor desenvolva uma relação próxima com os profissionais das Secretarias visando que eles os auxiliem durante esse processo de implementação.  

    Nas escolas, a figura do Gestor Escolar é um profissional importante para dividir de forma clara as tarefas a serem realizadas. O Coordenador Pedagógico deve compreender os direitos de aprendizagem e procurar referências para que o percurso do aprendizado aconteça. Após o estudo aprofundado do documento, o gestor poderá trilhar com a equipe pedagógica os caminhos para levar as competências para a sala de aula e também zelam pelo projeto político pedagógico (PPP). 

    Ou seja, cabe ao Coordenador, além de manter um diálogo permanente com a Secretaria de Educação, promover a gestão democrática e garantir condições, principalmente, de tempo e de estrutura para que se estabeleça uma cultura contínua de estudos entre os professores. De modo geral, a coordenação é responsável pelo planejamento, sugerir e fornecer a formação necessária e garantir a colaboração dos demais. 

    Aprimorando a rotina do coordenador escolar 

    A figura do Coordenador Pedagógico possui uma grande importância da realidade escolar, ainda mais em um contexto de implementação das diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O papel desse gestor é de guiar e garantir que todos os agentes educacionais estejam a par das modificações propostas pelo documento, para então ser possível mudanças práticas na rotina escolar.  

    Pensando em como aprimorar a rotina dentro da escola e melhorar a gestão dos coordenadores, preparamos um material com 5 dicas de ouro para esse profissional. Baixe-o gratuitamente: 

    Compartilhe >

    LEIA TAMBÉM

      Em qual segmento você atua?

      Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino Médio
      CursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação