Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino MédioCursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação

o inglês como diferencial na campanha de matrículas

O inglês como diferencial para a campanha de matrículas

Compartilhe >

22/10/2020 - 3 min - Por Bruna Batista

O período de campanha de matrículas é sempre muito importante para as instituições de ensino. Gestores e coordenadores, entretanto, geralmente têm dúvidas sobre quais estratégias utilizar na captação e retenção de alunos. Destacar o diferencial da escola é sempre um excelente caminho. Nesse sentido, oferecer um ensino estruturado que promova a formação bilíngue do aluno é um grande atrativo.

Confira neste artigo de que forma o inglês pode ser o diferencial que a sua escola precisa durante a campanha de matrículas. Boa leitura!

Campanha de matrículas

A campanha de matrículas é um momento para que a escola planeje estrategicamente como será o seu próximo ano. Antes de iniciar esse período, a gestão escolar deve programar como será sua realização. Esse planejamento pode partir da análise de resultados da campanha anterior e estabelecer o que deve ser mudado e o que pode ser mantido.

O número de alunos influencia diretamente no orçamento anual, por isso é muito importante ter metas bem definidas e correr atrás para alcançar cada uma delas. Quantos alunos novos a escola precisa captar? Qual a taxa ideal de rematrícula? Tudo isso deve estar bem definido pela coordenação da instituição.

Algumas etapas que a instituição pode seguir para se organizar no processo de campanha de matrícula:

  • Análise das campanhas anteriores;
  • Planejamento do ano seguinte;
  • Mapeamento dos pontos fortes e fracos da instituição;
  • Construção de um calendário com datas da matrícula e rematrícula;
  • Organização da documentação necessária para a campanha;
  • Planejamento da divulgação – mídias sociais, mídia física, marketing educacional;

Esse é o momento de mostrar para pais e familiares o que a escola tem de melhor e quais as vantagens de que seu filho ou filha estude ali. A metodologia, resultados, práticas pedagógicas, tudo isso pode ser destacado nesse momento. Além disso, o ensino de línguas estrangeiras pode ser um importante destaque nessa promoção da instituição.

O inglês como diferencial

Houve um tempo em que saber falar inglês era algo raro, que destacava qualquer pessoa no mercado de trabalho ou no mundo acadêmico. Atualmente, a difusão de conteúdos e materiais na língua inglesa é tanta que parece que todos sabemos ou deveríamos saber a língua. É isso que se espera dos jovens de hoje. Diversas empresas já pressupõe o conhecimento da língua inglesa e, nas universidades, é comum que professores forneçam material de leitura em outra língua.

Por isso, quanto antes os jovens e crianças começarem o aprendizado da língua, melhor. Nesse sentido, oferecer um ensino bilíngue, conversar com pais e familiares sobre a importância dessa formação,  mostrar que a escola possui um ensino bem estruturado e que dá resultados é uma forma excelente de se destacar durante o período de matrículas.

Cabe destacar que o ensino do inglês dentro da própria escola possui um diferencial muito grande, oferecendo realmente uma formação integral no idioma. Contudo, vale lembrar que o ensino do inglês, como um diferencial, não se trata de ter apenas uma matéria de língua inglesa na grade curricular, mas de realmente oferecer um ensino completo, em que a aprendizagem da língua faz parte do cotidiano dos alunos.

O ensino bilíngue

O ensino bilíngue é uma das formas de inserção da língua inglesa nas instituições. Além do aprendizado da língua propriamente, a formação bilíngue proporciona também a perspectiva dos aspectos culturais, realizando a imersão do aluno em diferentes culturas, valores e costumes. Em uma escola bilíngue o aprendizado acontece a partir da exposição e interação com a língua inglesa, que é usada como instrumento para aprender outros conteúdos e disciplinas. Ou seja, o conteúdo da aula de História ou Matemática, por exemplo, são ministrados na língua inglesa.

Existe também a possibilidade de adotar uma solução complementar que forneça um ensino bilíngue. A grande curricular não é alterada e as aulas não são todas na língua inglesa, mas há uma maior exposição do aluno ao idioma, fomentando um aprendizado natural da língua. As soluções são ideais para escolas que querem ter um diferencial mas não tem condições ou interesse de alterar completamente sua estrutura.

Para compreender melhor o que é a escola e a formação bilíngue, confirma nosso material sobre o assunto:

o-ingles-como-diferencial-na-campanha-de-matricula

Compartilhe >

LEIA TAMBÉM

Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino Médio
CursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação