Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino MédioCursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação

5 diferenciais que os pais procuram na hora da matrícula

Compartilhe >

01/10/2020 - 5 min - Por Bruna Batista

Na hora de decidir em qual escola matricular os filhos, diversos fatores são considerados pelos pais. Uma instituição que ofereça um ensino de qualidade é característica fundamental, além de materiais didáticos atualizados e dependências físicas em boas condições. Entretanto, existem diferenciais que se destacam nesse processo e podem fazer a diferença na aquisição de novos alunos. Neste artigo, explicamos cinco diferenciais que os pais procuram na hora da matrícula.

Diferencial que pais procuram na matrícula

A campanha de matrículas é importantíssima para a escola e vai muito além do marketing escolar. Ter um plano bem estruturado para a campanha é fundamental, promovendo a definição de metas e o trabalho coletivo da equipe escolar. Além disso, a campanha não se limita a um período do ano, afinal, a retenção de alunos depende do relacionamento construído ao longo de todo o ano, com o estudante e a família.  

No planejamento de divulgação da campanha, é importante destacar os diferenciais da sua instituição. O que a torna única? Se essa resposta não está bem definida, talvez seja o momento de buscar uma atualização ou investir em novos materiais para garantir que a escola se destaque no mercado.  

Veja alguns diferenciais que os pais procuram na hora da matrícula e que você pode adotar na sua instituição: 

1. Materiais atualizados com a BNCC 

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um importante documento normativo que visa a orientar as escolas na elaboração dos seus currículos. O objetivo da BNCC é desenvolver um ensino equilibrado em todo país, contemplando uma série de aprendizados essenciais para cada segmento e ano. São estabelecidas diretrizes que guiam as instituições, mas cada uma elabora o seu próprio currículo de acordo com as suas necessidades.  

O primeiro passo para a implementação da BNCC é, portanto, a revisão do currículo e readequação dos materiais didáticos. Algumas escolas já passaram ou estão passando por esse processo e esse é um diferencial importante, afinal, significa que elas estão em sintonia com o que há de mais atual na legislação educacional. Existem mudanças curriculares importantes que a Base proporciona, especialmente no Ensino Médio, por isso, quanto antes a escola estiver atualizada, melhor. 

2. Ensino socioemocional  

Por muito tempo o ensino esteve bastante focado no desenvolvimento puramente cognitivo. Nos últimos anos, contudo, as metodologias de ensino têm dado mais atenção ao desenvolvimento integral dos alunos, pensando na sua formação enquanto cidadãos pertencentes à sociedade. Por isso, é essencial que eles tenham habilidades emocionais que permitam a convivência em harmonia. Hoje, entende-se que é necessário incentivar um aprendizado amplo, integrando as áreas do conhecimento socioemocional à educação formal.  

Algumas escolas já adotam um ensino que trabalha essas habilidades. Para os estudantes, entender e aprender a lidar com as emoções é fundamental, já que elas regem as relações interpessoais que desenvolvemos ao longo da vida. Além disso, também influenciam muito em questões educacionais como o nervosismo antes de uma prova, a insegurança no momento dos estudos, as comparações com os colegas. Ter um programa de ensino que preveja o trabalho dessas competências é um diferencial de destaque. 

3. Tecnologias educacionais  

As tecnologias educacionais foram fundamentais para a continuidade dos estudos neste ano. As escolas que já possuíam o suporte por algum tipo de plataforma tecnológica conseguiram sair na frente no momento de suspensão das aulas e dar continuidade ao ensino. Agora, para o próximo ano, a retomada das aulas continua incerta e os pais provavelmente vão optar por aquelas escolas que podem dar maior suporte aos seus filhos – seja no ensino presencial ou remoto.  

O momento para investir em tecnologias educacionais não passou, as escolas que ainda não fizeram essa opção podem correr atrás de se modernizar e oferecer o ensino digital para seus alunos. Na SOMOS Educação, a plataforma Plurall oferece muitas vantagens para a instituição, os professores, alunos e familiares. Além disso, existem também ferramentas que vão além do ensino tradicional, como as plataformas gamificadas que estimulam o aprendizado por meio de jogos.  

4. Soluções complementares 

As soluções complementares são uma forma excelente de chamar a atenção de pais e responsáveis. Elas têm se tornando cada vez mais comuns e visam a complementação das práticas pedagógicas da escola, sem modificar o ensino da escola, propriamente.  

Como existem diversos tipos de soluções complementares, a instituição pode escolher aquelas que melhor se adequem às propostas do seu Projeto Político-Pedagógico (PPP). O Líder em Mim, por exemplo, trabalha o desenvolvimento das habilidades socioemocionais – já mencionadas anteriormente nesta publicação. O English Stars também é uma solução complementar que trabalha a formação bilíngue dos alunos, inserindo ensino do inglês no cotidiano da escola, se adequando às particularidades e a realidade de cada instituição.   

5. Atividades extracurriculares  

Como já abordamos, o ensino puramente cognitivo está perdendo espaço para uma formação completa do aluno. Nesse sentido, uma outra alternativa que pode destacar a sua escola é oferecer uma lista de atividades extracurriculares e apresentá-la logo na matrícula.  

Podem ser visitas a museus, palestras de formação e desenvolvimento dos alunos, projetos culturais, apresentações diversas, feira de ciência, participação em competições. Tudo aquilo que possa mostrar aos pais que a instituição se preocupa em complementar o ensino e oferecer alternativas aos métodos tradicionais é válido. Uma formação ampla e integral é prevista, inclusive, na BNCC.  

A campanha de matrículas  

Nesta publicação, levantamos algumas questões que podem ser importantes para os pais no momento de decidir a instituição de ensino em que vão matricular seus filhos. A campanha de matrículas é um momento crucial para captar novos alunos e garantir a rematricula dos alunos antigos, por isso, destacar as vantagens que a instituição oferece é muito importante.  

Além de itens que diferenciam a escola, outras questões também ajudam nesse momento como o índice de aprovação em vestibulares e provas de medição de conhecimento e o marketing educacional. Para saber como destacar sua escola na campanha de matrículas, acesse nosso material:  

Compartilhe >

LEIA TAMBÉM

Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino Médio
CursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação