Em qual segmento você atua?

    Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino MédioCursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação

    Como envolver a família na formação bilíngue

    Compartilhe >

    06/02/2020 - 6 min - Por Amanda Viegas

    A família possui um papel de extrema importância no processo de aprendizagem e desenvolvimento das crianças e adolescentes. A escola não é e não deve ser a única instituição responsável pela construção do conhecimento e de valores sociais dos alunos, muito pelo contrário. A parceria da escola com as famílias é primordial para o progresso contínuo dos jovens.  

    Os pais e responsáveis devem acompanhar o que é ministrado em sala de aula, oferecer as condições necessárias para a continuação do estudo em casa e ainda saber equilibrar a cobrança e o incentivo. Quando melhor for esse relacionamentoessa aproximação da família com a realidade escolar de seus filhos, maior será o êxito e aprimoramento do processo de ensino-aprendizagem dos alunos.  

    Esse cenário se estende para o ensino do idioma estrangeiro, uma vez que a aquisição de uma nova língua é um processo contínuo e o apoio familiar pode fazer uma grande diferença. Pensando nisso, preparamos este artigo para mostrar como e por que a família deve estar envolvida no desenvolvimento da formação bilíngue dos estudantes. Confira! 


    Família e escola: a importância dessa parceria  

    A escola é responsável por fornecer uma educação formal por meio das diretrizes educacionais. Contudo, a família também possui a responsabilidade direta pela formação dos indivíduos. Dessa forma, a instituição de ensino, assim como, as famílias, se tornam corresponsáveis pela formação cognitiva, afetiva e social dos alunos.  

    Dessa forma, que a formação dos estudantes se dá de forma conjunta, essa relação é extremamente importância. Trazer os pais e responsáveis para a escola e aproximar eles acerca da realidade educacional dos alunos tendem a contribuir muito no desenvolvimento e desempenho dos estudantes. Dessa forma, as famílias conseguem compreender mais aprofundamento o trabalho que está sendo realizado e podem participar efetivamente, contribuindo para aprimorar o aprendizado dos alunos.  

    Saiba como envolver a família na formação bilíngue 

    Quando a família e a escola conhecem as principais dificuldades e facilidades dos alunos em relação ao aprendizado do idioma, mais fácil será o processo desenvolvimento na língua. Com essa aproximação é possível desenvolver mais facilmente estratégias para manter a motivação dos estudantes e superar os desafios.  

    A família possui um papel importante e pode contribuir efetivamente na formação bilíngue dos seus filhos. Mas como isso pode ser realizado? Confira a seguir algumas dicas: 

    O aprendizado por meio do exemplo 

    Os familiares podem se comprometer a aprender ou desenvolver seus conhecimentos na língua estrangeira em conjunto com a criança. Dar o exemplo é uma excelente maneira de expor a importância acerca do aprendizado do inglês. Caso o responsável já possua certa fluência no idioma, ele pode dar dicas em relação ao seu aprendizado, compartilhar vivências e trazer a sua própria experiência.  

    A prática constante 

    O aprendizado do inglês pode e deve ir muito além das aulas do idioma. O processo é contínuo e quanto maior a exposição com a língua, melhor. Quando os pais e responsáveis se propõe a aprender junto com o filho, ou mesmo já dominam o idioma, é possível a criação de atividades e dinâmicas em casa com o propósito de incentivar esse contato com o inglês. A família pode por exemplo, propor um dia de só se comunicar na língua estrangeira ou sugerir um tema específico para um debate 

    Incentivo ao estudo 

    Os pais e responsáveis possuem um papel muito importante no que se diz respeito ao incentivo das crianças. As famílias devem auxiliar os filhos na construção e manutenção de uma rotina de estudo. Para isso, o ideal é que seja disponibilizado um local adequado para o aprendizado, com boa iluminação, confortável e com poucos ruídos. Além disso, é recomendado o estabelecimento de regras e horários para estimular o senso de responsabilidade e compromisso.  

    Diversas formas de aprender!  

    O aprendizado do inglês para uma formação bilíngue do aluno pode ser realizado de forma lúdica. As famílias podem incentivar os filhos a utilizarem de certos momentos de lazer para aprimorar o idioma. O inglês pode ser praticado por meio de filmes, seriados, podcasts, jogos e brincadeiras. Ao trazer para o ambiente familiar essa expansão do contato com a língua, os familiares contribuem para a criação de um contexto bilíngue, o que reflete positivamente no desenvolvimento do aluno.  

    Veja os benefícios da relação família e escola na formação bilíngue 

    O bom relacionamento com a família e a aproximação com ela é benéfica tanto para as famílias quanto para os educadores e escola. A presença dos familiares na instituição é importante para que eles tenham ciência acerca do que está sendo desenvolvido ao longo do ano letivo. Dessa maneira, é possível potencializar o desenvolvimento dos alunos já que fica mais fácil para os pais e responsáveis dar o devido apoio e suporte para as crianças em casa.  

    Uma vez que o processo de aquisição de um idioma estrangeiro é contínuo, quanto mais natural e maior for o contato com a língua, melhor. Com essa aproximação das famílias é possível que elas incentivem e acompanhem o aprendizado das crianças até mesmo dentro de casa. Dessa forma, o conhecimento se estende para além das aulas de inglês e se torna cada vez mais abrangente e efetivo.  

    Vale ressaltar ainda que por meio dessa relação com os familiares, a escola pode contar com o suporte dos pais e responsáveis para identificar as dificuldades dos alunos. As famílias são quem mais conhecem os discentes em relação aos seus pontos fortes e aqueles que necessitam de melhoria. Dessa forma, essa relação pode fornecer informações valiosas sobre os estudantes e é viável promover uma intervenção em conjunto em prol da melhoria do ensino.  

    Envolvendo a família em prol da otimização do processo de aprendizagem 

    Manter uma proximidade com esse público é a melhor maneira de compreender seus anseios e desejos em relação à educação e desenvolvimento dos seus filhos. Por meio desse bom relacionamento é possível identificar oportunidades para aprimorar as práticas pedagógicas e consequentemente, melhorar a qualidade do ensino. 

    Além de envolver a família na formação dos alunos, existem outras práticas que podem contribuir efetivamente para otimizar o processo de ensino-aprendizagem dentro da instituição. Confira outras dicas no material que preparamos sobre a temática:  

    Compartilhe >

    LEIA TAMBÉM

      Em qual segmento você atua?

      Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino Médio
      CursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação