Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino MédioCursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação

Competências e habilidades dos professores para os novos tempos

Compartilhe >

09/06/2020 - 5 min - Por Amanda Viegas

A instabilidade global ocasionada pela COVID-19 está gerando transformações no mundo e nas pessoas e essa nova realidade está constantemente se modificando. No contexto educacional, é exigido dos educadores uma complexidade maior para lidar com esse futuro pois os professores precisam passar confiança para os pais e responsáveis para garantir o bom funcionamento da comunidade escolar.

Através do relacionamento entre escola, famílias e alunos é possível compreender que o conhecimento é uma via de mão dupla, no qual todos os envolvidos estão sujeitos a aprender. Pensando em facilitar a disseminação dessa experiência, a SOMOS Educação, preparou um webinário com exercícios práticos para estimular competências e habilidades dos educadores e facilitar os caminhos do conhecimento. Neste post, você pode conferir os pontos chaves dessa dinâmica!


O poder da compreensão na hora de transmitir o conhecimento

Na live interativa preparada pela SOMOS Educação, o convidado especial Gabriel Assis, diretor pedagógico da Escola INTEGRA, sugere o uso de ferramentas para se desafiar e se divertir dentro do processo de ensino-aprendizagem. Mas, antes de seguir com as dicas recomendadas, é importante entender que todo conhecimento repassado é resultado de uma experiência adquirida no seu próprio desenvolvimento educacional. Portanto, existe uma apropriação do aprendizado, pois você compartilha a experiência a partir da sua compreensão.

Para que a informação faça sentido para todos e não apenas para quem está repassando o conhecimento, torna-se necessário implementar métodos em comum para que todas as partes presentes no ensino consigam absorver melhor o conteúdo. Desse modo, haverá menos interferências pessoais no conhecimento, pois cada pessoa enxerga uma percepção diferente sobre um assunto e a maneira como compartilham essa visão também são distintas.

A capacidade de nos relacionarmos como combustível para o futuro

Em uma situação atípica como a que estamos enfrentando atualmente, inúmeras transformações estão ocorrendo. O EAD é um aliado nessa transfiguração já que ele possibilita, através da tecnologia, a entrada da escola em todos os lugares. Outro ponto importante é entender que o aprendizado está nas relações e a instituição proporciona várias trocas entre as pessoas.

Agora, mais do que nunca a escola precisa ser idealizada como uma comunidade na qual todos os participantes do processo possam aprender. Em um ciclo de transferência de conhecimentos, por exemplo: o aluno se capacita com o professor, o professor se aperfeiçoa mais com os alunos e esses se envolvem mais com a coordenação docente e com as famílias. Portanto, o único distanciamento que deve existir entre nós, é aquele para evitar a proliferação do coronavírus, mas que a pedagogia a distância pode desenvolver outras competências além do socioemocional.

Gabriel Assis ressalta a necessidade de encarar a realidade do ensino em tempos de pandemia como transformação, ou seja, permitindo uma entrega de si. As escolas não vão voltar a ser como antes porque as pessoas não são mais as mesmas, essa inovação requer esforços e entregas. O diretor da INTEGRA encoraja o uso de ferramentas para auxiliar na capacidade de se relacionar.

Ferramenta: Primeira, Segunda e Terceira Pessoa

Gabriel Assis propõe um método que se considera as 3 pessoas (eu, você e nós), como um corpo onde tudo está ligado e influencia outras partes. A forma que você trata a si mesmo interfere na sua relação com outras pessoas. Devido a isso, é importante se priorizar e trabalhar seu relacionamento consigo mesmo. Logo, a partir do momento que você desenvolve autocuidado, autoestima e autoconhecimento, será possível impactar outros de forma potente.

O bem estar funciona como possibilitador da confiança e esta é a base do funcionamento da escola. Educadores precisam estabelecer refúgios para lhes ajudarem nesse período, seja por meio de práticas de exercícios físicos, relaxamento mental, lazer e entretenimento. Desta forma, respeitar o ciclo e não atropelar as partes, cuidar da 1ª pessoa antes para depois cuidar das seguintes, pois ao tentar desenvolver o aprendizado em outras pessoas sem estar bem se torna inadequado.

Ferramenta: Eu e os meus filtros

Ao longo da nossa trajetória nos deparamos com crenças que funcionam como óculos para enxergarmos a vida, essas podem ser difundidas em verdades absolutas, convicções e visão de mundo. Já os valores adquiridos são resultados dessa soma de crenças que ocasiona as atitudes e comportamentos de cada um. Isso é um circuito que se retroalimenta.

Constantemente devemos reavaliar nossas crenças e estimular uma ruptura. Quanto a isso, é fundamental quebrar convicções para perceber o mundo de outras maneiras, contudo, a educação estimula essa reformulação das crenças e visão de mundo.

Ferramenta: O vaso das relações e a escuta ativa

A confiança ajuda na escuta ativa pois quem é confiante consegue escutar mais o outro e isso possibilita a comunicação. Fazendo uma metáfora com o vaso cheio de terra, no qual você provavelmente só fala, não escuta outras pessoas e divulga apenas suas convicções sem agregar outras visões. Na realidade educacional, ouvir é mais importante do que falar. Assim sendo, ao esvaziar o vaso é possível desenvolver melhor a comunicação e as relações pois dando espaço para entender outras pessoas é possível adquirir habilidades por meio de trocas com outros.

A educação pede novas práticas pedagógicas

A nova dinâmica mundial, proporcionada através das consequências da pandemia para os diversos setores da vida, tem transformado muito o contexto escolar. A educação nunca mais será a mesma, uma vez que as pessoas já não são. O mundo está se modificando e para atender às suas novas necessidades, será preciso se adequar e reaprender com o novo.

No contexto escolar, as práticas pedagógicas, assim como as metodologias educacionais, precisam ser repensadas para a nova realidade. Pensando nessa demanda e em como os profissionais da educação podem colocar em prática as competências e habilidades da atualidade, a SOMOS disponibilizou um webinário sobre a temática! Para conferir o vídeo na íntegra, baixe-o gratuitamente:

Competências e habilidades para os novos tempos

Compartilhe >

LEIA TAMBÉM

Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino Médio
CursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação