Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino MédioCursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação

Como continuar o Ensino da Língua Inglesa para a Educação Infantil no cenário atual

Compartilhe >

02/07/2020 - 5 min - Por Amanda Viegas

Existe um grande desafio acerca da Educação Infantil dentro do cenário da pandemia, uma vez que as crianças precisam de apoio para a condução do processo de aprendizagem. Sendo assim, uma temática bastante buscada é sobre como dar continuidade ao ensino durante esse período de isolamento social para os estudantes dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental.

Pensando nisso, o English Stars preparou um webinário com Rita Ladeia, especialista em educação bilíngue. O foco da conversa foi sobre como as instituições educacionais podem tornar possível o Ensino da Língua Inglesa no cenário atual. Confira!

O papel dos educadores para o desenvolvimento dos alunos no contexto virtual

A escola precisa ensinar aos alunos a adquirirem autonomia, dando oportunidades para eles aprenderem por conta própria. Para isso, os educadores devem analisar atentamente suas práticas pedagógicas. Compreendendo de que maneira estão possibilitando esse processo para os estudantes, as práticas pedagógicas permitirão um maior desenvolvimento dos discentes. Sendo assim, cria-se um ambiente com mais oportunidades de investigações individuais, possibilitando tentativas seguras para lidarem com os problemas.

Dentro do contexto de Ensino Bilíngue na Educação Infantil, torna-se indispensável desenvolver o senso de observação das crianças. Justamente por se tratar de uma língua que o aluno ainda não domina, esse trabalho deve ser feito desde a escolha de palavras dos professores para repassar o conteúdo, até uma comunicação com demonstrações visuais para um maior entendimento. Assim sendo, o professor tem o desafio de manter o foco dos alunos nas aulas, que agora estão acontecendo no ambiente virtual.

Existem duas orientações para manter a qualidade do aprendizado e diminuir a distância estabelecida pelas telas. A primeira delas é passar os exercícios de maneira objetiva, em etapas de tempos curtos, pois repartindo as instruções obtém-se mais atenção do aluno no vídeo. A segunda é fazer uso literal do audiovisual, ou seja, mostrar para as crianças o que está sendo realizado com movimentos e expressões visuais, pois a junção de fala, demonstração e escrita, ajudam na absorção do conteúdo.

A compreensão das crianças sobre o cenário atual

A compreensão da pandemia é mais complicada para as crianças do que para os adultos, uma vez que eles não possuem uma compreensão ampla da dimensão dos fatos. Essas crianças que iam todos os dias para a escola, tinham uma rotina, contato físico com seus amigos, brincavam em áreas externas como parques e passeavam com os familiares, agora não podem praticar essas atividades como antes.

Se está difícil para as pessoas que dispõem de um certo entendimento da situação, imagina para as crianças que não conseguem visualizar e compreender o que está acontecendo com o mundo por causa de um vírus que elas sequer conseguem ver. Sabe-se que a falta de compreensão, as dúvidas e as incertezas, podem ocasionar sensações desmotivadoras. Portanto, existe um impasse para os educadores transmitirem segurança e motivação para os alunos levarem a vida adiante, já que principalmente na Educação Infantil, os alunos podem não entender a situação.

Participação nas aulas online

Desenvolver estratégias para cativar a atenção dos alunos se torna possível por meio de abordagens interativas que provocam o interesse e participação nas aulas online. Apesar de todos os recursos digitais que devem ser usados como aliados das escolas no processo de ensino-aprendizado, ainda assim, não existe nada capaz de substituir o contato presencial e físico dos docentes com os alunos da Educação Infantil.

Vale ressaltar que as crianças são as que mais estão sentindo falta dessa convivência e interação. Neste momento, o papel da escola é o de amenizar os impactos causados pela distância e ir se readaptando para continuar possibilitando as relações e contato com os seus estudantes. Apesar de agora estarem apenas dentro de suas casas, os alunos não deixam de ser responsabilidade das instituições. Logo, o trabalho conjunto com a família deve ser reforçado para dar continuidade ao ensino.

A comunicação entre escola e famílias

Através de comunicação assertiva com as famílias, a escola pode continuar promovendo o progresso dos seus discentes sem que haja interrupções no processo educacional. Uma das grandes competências propostas pelas instituições é a de incentivar a cooperação e o trabalho em grupo, desse modo, ao envolver a família no aprendizado é possível progredir como o desenvolvimento dessas habilidades.

A necessidade de comunicar aos responsáveis sobre o que está sendo feito deve ser ressaltada. No regime letivo remoto, o auxílio dos pais e familiares torna-se ainda mais fundamental para o processo de ensino-aprendizagem dos alunos. Em vista disso, é importante que a escola estabeleça os caminhos de entendimento das atividades propostas, para que não haja dúvidas sobre os objetivos e importância do desenvolvimento das mesmas para os discentes.

Além disso, no caso da Educação Bilíngue, as instituições precisam salientar para as famílias a relevância de um ambiente acolhedor para os estudos, pois esse pode transmitir para os alunos uma segurança para continuarem o ensino da língua estrangeira como se estivessem dentro da sala de aula. Portanto, a comunicação e a relação entre escola-famílias podem minimizar novamente as consequências do isolamento social para a vida das crianças. Ou seja, o trabalho em equipe pode deixar os alunos confortáveis com o novo cenário, possibilitando a continuidade do seu desenvolvimento com outras línguas.

Continuidade ao Ensino Remoto da Língua Inglesa

O contexto atual da pandemia do novo Coronavírus têm ocasionado inúmeras transformações sociais e econômicas em todo o mundo. No cenário educacional, um grande desafio das escolas é conseguir dar continuidade ao processo de aquisição do conhecimento, mesmo com a distância ocasionada pelo isolamento social. As instituições estão tendo que reinventar a forma de ensinar usando a tecnologia como aliada e não esquecendo de humanizar esse contato virtual com as famílias.

Ao longo deste artigo, trouxemos alguns pontos relevantes do webinário do English Stars com a Rita Ladeia sobre como dar continuidade ao ensino do inglês para a Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Para ter acesso à live na íntegra, baixe-a gratuitamente:

Como continuar o Ensino da Língua Inglesa

Compartilhe >

LEIA TAMBÉM

Em qual segmento você atua?

Educação InfantilEnsino Fundamental 1Ensino Fundamental 2Ensino Médio
CursinhoEnsino SuperiorNão trabalho com Educação